Criado grupo de trabalho para cibersegurança

Cibersegurança Estado Notícias

O Governo criou o Grupo de Trabalho para a Cibersegurança (GTCS) destinado a avaliar, propor e desenvolver iniciativas destinadas a disseminar soluções e boas práticas de cibersegurança junto do tecido empresarial. Além disso, pretende explorar as oportunidades que a cibersegurança oferece enquanto sector económico.

O grupo de trabalho é constituído por um representante da Direcção-geral das Actividades Económicas, Direcção-geral do Consumidor, Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, Agência para a Competitividade e Inovação, Centro Nacional de Cibersegurança e Agência Nacional de Inovação.

Compete ao GTCS, no âmbito dos trabalhos a desenvolver, decidir consultar e envolver as seguintes entidades: ACEPI – Associação Economia Digital; AEP – Associação Empresarial de Portugal; AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal; APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição; BETA-I – Associação para a Promoção da Inovação e do Empreendedorismo, Lisboa; CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal; CIP – Confederação Empresarial de Portugal; COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação; DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor; Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP); Instituto Superior Técnico (IST); ADYTA, Lda.; Cisco Internacional Limited, sucursal em Portugal; Euronext Lisboa, Bolsa de Valores; JSCRAMBLER, S. A.; NATIXIS – sucursal em Portugal; S21SEC Portugal – Cybersecurity Services, S. A.; SIEMENS, S. A.; Sonae Investment Management (Sonae IM).

O anúncio de criação do grupo foi publicado em Diário da Republica. O GTCS deve apresentar um relatório intercalar das suas atividades até 15 de maio de 2019 e um relatório final das suas atividades e resultados até 31 de julho de 2019.