Só um terço das pequenas empresas informa funcionários sobre segurança

Cibersegurança Notícias

Embora as pequenas empresas estejam menos disponíveis para fornecer aos seus colaboradores dispositivos para trabalharem a partir de casa, apenas um terço dos funcionários (34%) deste tipo de empresas recebeu instruções sobre como trabalhar em segurança em computadores portáteis pessoais, tablets e smartphones, durante o período de confinamento. Esta é uma das conclusões de um estudo da Kaspersky sobre o teletrabalho, que realça a importância da protecção e da sensibilização para a segurança nas empresas de menor dimensão.

Trabalhar a partir de dispositivos pessoais tornou-se uma necessidade para algumas pequenas organizações, já que pandemia Covid-19 colocou muitos dos seus colaboradores a desempenharem as suas funções desde casa. Mas, mesmo após o confinamento, esta prática continua a ser relevante para algumas empresas, uma vez que dá maior liberdade aos funcionários para darem resposta a qualquer hora, em qualquer lugar, tendo ainda a mais-valia que permite a poupança de recursos às organizações, pois assim não têm que disponibilizar equipamentos próprios aos colaboradores.

No entanto, para além de todos estes benefícios, “as empresas devem também lembrar-se que é essencial proteger os dispositivos pessoais das equipas, salvaguardando que os dados sensíveis do negócio e dos seus clientes armazenados nestes aparelhos permanecem seguros de ataques de ransomware ou outras infecções por malware“.

Durante a pandemia, três em cada cinco colaboradores de pequenas organizações (57%) não receberam dispositivos de trabalho das suas entidades empregadoras, em comparação com cerca de 45% dos trabalhadores de todas as empresas inquiridas, conclui a investigação da Kaspersky. Embora muitas das pequenas empresas possam não ter recursos para disponibilizar equipamentos, apenas um terço dos seus colaboradores (34%) indicou que lhes foram dados alguns requisitos de segurança informática para trabalharem em segurança nos seus dispositivos pessoais.