Eurotux aposta em segundo datacenter externo

Notícias

A Eurotux reforçou a sua infra-estrutura com um segundo datacenter externo, que está também interligado com o datacenter das instalações de Braga. Os dois datacenters e a sede operacional estão assim interligados, numa tipologia redundante, reforçando a resiliência dos serviços disponibilizados aos clientes.

A Eurotux, segundo refere, faz gestão de infra-estruturas em data center próprio, do cliente ou na cloud, e por isso “utiliza tecnologia de ponta e medidas de segurança para garantir o máximo uptime”. 

Além do seu Data Center em Braga, a Eurotux já possuía desde Agosto de 2005 espaço no Data Center Equinix em Lisboa, “com elevada disponibilidade e segurança, num local de alta conetividade”.

O novo espaço no Data Center NOS, também localizado em Lisboa, é utilizado na tipologia redundante, para assegurar que nada seja perdido caso um dos data centers fique indisponível, esclarece a empresa.

Além desta aposta, a empresa anunciou que celebrou um novo contrato com a Casa das Lâmpadas, empresa portuguesa do sector do Material Eléctrico e Iluminação. A Eurotux já presta serviços de apoio técnico à Casa das Lâmpadas desde 2014.

O novo contrato contempla apoio técnico remoto e monitorização de sistemas de core alojados na sua sede e no data center (onde estão alojados os serviços de ERP Primavera), “assegurando a boa funcionalidade, maximizando a segurança”; serviço técnico presencial e infra-estrutura de IT de core para a sede de forma a substituir a infra-estrutura existente.

Segundo a empresa, o objectivo da Casa das Lâmpadas foi “através de um contrato único assegurar o bom funcionamento das suas infraestruturas informáticas, sem efectuar um esforço de investimento na aquisição de infraestrutura, obtendo o melhor serviço e assegurando o máximo de disponibilidade”.