Como as câmaras de retransmissão podem ser utilizadas para melhorar a formação e segurança

Conteúdo Patrocinado

A tecnologia sempre procurou “encurtar as distâncias” entre as pessoas. Através da utilização de comunicações electrónicas, como email ou mensagens de vídeo, tem reunido pessoas de diferentes localizações geográficas e circunstâncias.

Eventos recentes trouxeram um desafio único que resultou numa diminuição da capacidade de lidar com pessoas e situações de forma presencial. Isto tem tido um efeito em cadeia em sectores distintos, incluindo saúde, desporto e educação. As câmaras de retransmissão têm oferecido uma solução muito necessária, fornecendo um método objectivo de visualização e gravação remota de eventos. Este artigo descreve as diferentes formas em que as câmaras podem ajudar a cumprir este papel numa série de aplicações de utilização.

Ensinar os professores
O ensino à distância tornou-se num recurso dos sistemas educativos devido aos actuais constrangimentos do distanciamento social. No entanto, mesmo antes da pandemia, as autoridades educativas procuravam formas de melhorar a formação de professores.

A observação em sala de aula tem sido um elemento chave neste processo, mas a presença de um avaliador na sala de aula poderia condicionar os comportamentos, pelo que o resultado não seria representativo. As soluções que permitem monitorizar as salas de aula remotamente são mais eficazes, especialmente se oferecerem a opção de reproduzir imagens.

A Universidade de Regensburg enfrentou este desafio em torno da observação em sala de aula e optou por um sistema baseado em câmaras de retransmissão para transmitir as imagens em directo ou gravá-las para posterior reprodução. Desta forma, os observadores poderiam observar as imagens remotamente em tempo real e partilhar os seus conhecimentos directamente com o professor para ajudar a melhorar a sua formação.

Monitorização de doentes à distância e formação em cuidados de saúde
Para além da formação de professores, as faculdades de medicina tiveram de adaptar a forma como ministram o plano de estudos para incorporar o ensino à distância para estudantes de medicina.

No passado, os estudantes costumavam acompanhar os médicos em “rondas” para discutir o estado dos pacientes, tratamentos e potenciais resultados clínicos. Esta foi uma parte essencial da sua educação, pois demonstrou as aplicações práticas e do mundo real da teoria que lhes foi ensinada. No entanto, o distanciamento social e as restrições higiénicas reduziram grandemente esta possibilidade. Neste caso, as câmaras de retransmissão poderiam ser utilizadas para transmitir as “rondas” dos médicos em directo para locais distantes, sem mais riscos para o paciente ou para os estudantes.

Dentro do estabelecimento de saúde, a monitorização de doentes é um elemento crítico na prestação de elevados padrões de cuidados e tratamento. As condições dos pacientes podem mudar rapidamente e a monitorização permite aos profissionais médicos intervir, com potencial para melhorar os resultados.

Em situações em que a manutenção do equipamento de protecção individual e a minimização da propagação do vírus é uma prioridade máxima, as câmaras podem ser utilizadas para monitorizar remotamente os sinais vitais dos pacientes. As câmaras Axis broadcast oferecem capacidades extremas de PTZ/resolução que são essenciais para situações de monitorização de doentes.

Existe também um benefício económico associado, uma vez que o investimento necessário para o equipamento é mínimo em comparação com outros fornecimentos ou recursos médicos.

Impulsionar o desempenho desportivo
Como demonstrado nas duas aplicações de utilização acima referidas em sectores diferentes, a observação é uma parte fundamental da avaliação do desempenho.

Em qualquer modalidade desportiva, seja individual ou em grupo, a melhoria do desempenho requer a capacidade de analisar cuidadosamente os jogos e sessões de treino anteriores. Com esta informação, podem ser tomadas decisões para ajustar e actualizar os métodos utilizados, com base num feedback sólido.

Isto é especialmente relevante no caso dos atletas de atletismo, que analisam constantemente os seus movimentos para obter resultados. Tradicionalmente, registavam os seus movimentos com câmaras de mão, mas este método tinha limitações, tais como ângulos de filmagem, iniciar e parar gravações, e mudar cartões de memória. Ao trabalhar com a Spiideo, um parceiro da Axis que fornece software de análise desportiva, as equipas puderam utilizar câmaras instaladas no estádio para gravar sessões de treino e depois analisá-las num dispositivo móvel.

Segurança e entretenimento no estádio
A segurança e o conforto são fundamentais para disfrutar das actividades desportivas, e a segurança nos estádios é uma prioridade máxima. De facto, é um requisito legal que os recintos desportivos tenham uma solução eficaz, e as câmaras de rede desempenham um papel fundamental a este respeito. Estas soluções devem monitorizar continuamente as áreas do local para detectar intrusos, comportamentos inadequados e ilegais, de modo a que as equipas de segurança possam intervir rapidamente se necessário.

Na Eslováquia, todos os estádios da primeira liga são obrigados a utilizar um sistema de câmara permanente dedicado que monitoriza continuamente secções individuais de visitantes, portões e entradas de estádio, e todas as áreas públicas dentro do estádio.

Os funcionários do estádio Spartak Myjava estavam à procura de uma solução que cumprisse os regulamentos legais e protegesse as instalações. Para além de fornecerem vigilância vídeo de alta qualidade, os operadores do local descobriram também que poderiam utilizar as imagens para reproduzir as perspectivas do jogo.

Ajudar o árbitro a tomar decisões no terreno
Assinalar uma falta pode ser uma das decisões mais controversas e, por vezes, afecta a pontuação final. Jogadores e fãs discutem frequentemente as decisões do árbitro, mas os argumentos das pessoas que assistem ao jogo podem ser incorrectos devido à velocidade ou dependendo da posição do observador. Um relato independente do incidente ajuda a decidir se a decisão do árbitro foi justificada.

Isto pode ser especialmente difícil em desportos de ritmo acelerado, como o hóquei. A Liga de Hóquei de Ontário já usava câmaras para confirmar golos e penalidades, mas verificou-se que lhes faltava a resolução necessária. Assim, foram instaladas câmaras de retransmissão da Axis viradas para as redes e outra câmara virada para o relógio. Isto permitiu aos funcionários da mesa aumentar o zoom do vídeo quadro a quadro, melhorando a sua confiança nas decisões dos árbitros e permitindo-lhes decidir rapidamente sobre os resultados.

Olhando para o futuro
A capacidade de transmitir, gravar e reproduzir eventos continuará a ser importante em vários sectores, particularmente nos cuidados de saúde, educação e desporto, uma vez que os padrões de distanciamento social e as preocupações de higiene impedem o contacto próximo e a reunião de grupos de pessoas.

A tecnologia desempenhará um papel cada vez mais importante para encurtar esta distância e há a oportunidade de surgir mais aplicações noutros sectores, tais como transportes e infra-estruturas críticas. As câmaras revelar-se-ão uma parte essencial deste processo devido à sua capacidade de produzir imagens de alta resolução em tempo real, o que será crucial para manter e possibilitar processos agora e no futuro.

Quer saber mais sobre as soluções de câmaras de retransmissão da Axis?

Clique Aqui

Sessão de streaming com câmaras Axis no próximo dia 25 de Fevereiro

Mais informações:
Maria Santafé
Marketing Specialist
Axis Communications
maria.santafe@axis.com

Conteúdo patrocinado e produzido pela Axis Communications