Symantec pode ser vendida

Cibersegurança Notícias

A empresa asiática Broadcom está em negociações para adquirir a norte-americana Symantec. A empresa quer reforçar a presença no negócio do software. Caso seja concluído, o investimento estimado é superior a 15.000 milhões de dólares e deverá ser anunciado esta semana.

A notícia é divulgada pela Bloomberg, a qual salienta que a Broadcom voltará a crescer por aquisição. O grupo avançou em 2018 com uma compra hostil da empresa de chips Qualcomm, negócio bloqueado pelo governo americano por riscos à segurança nacional. Posteriormente, a empresa comprou a CA Technologies por 18.000 milhões de dólares.

A Symantec fabrica software de segurança, disponibiliza produtos e serviços para mais de 350.000 empresas. Já em 2011, a Intel adquiriu a McAfee por 7.700 milhões de dólares.