Kaspersky adapta portefólio empresarial

Cibersegurança Produtos

Ao longo deste ano, a Kaspersky expandiu os sues produtos corporativos com uma nova abordagem para se adaptar tanto às necessidades técnicas, como orçamentais das empresas.

Os dois ambientes de desenvolvimento – Expert e Optimum – pretendem responder ” às necessidades do mercado, que se caracteriza por infra-estruturas informáticas cada vez mais complexas e ciberataques mais sofisticados”.

O panorama tecnológico e de cibersegurança está a mudar rapidamente e a tornar-se mais complexo, o que leva à existência de mais interrupções e perdas financeiras para o negócio.

Durante 2019, 91% das organizações em todo o mundo foram afectadas por ciberataques e uma em cada 10 foi alvo de um ataque direccionado . Isto é agravado, em muitos casos, pela falta de recursos ao nível de tempo e de colaboradores qualificados. De acordo com os dados da Kaspersky, ainda 40% das empresas de média dimensão carecem de conhecimento sobre as ameaças que a sua organização enfrenta.

Além disso, os ciberataques não só levam à perda de dados, como também prejudicam a reputação da empresa e implicam outros custos associados. A combinação de tudo isto pode ser letal para a existência de algumas empresas, incluindo PMEs.

Segundo um relatório recente da Kaspersky, o custo de uma violação de dados numa PME europeia é cerca de 89.000 dólares, enquanto o de uma empresa de grande dimensão atinge os 839.000 dólares.

A empresa reorientou a sua estratégia de produto, reforçando o foco no cliente.
Como explica Pedro García-Villacañas, Head of Presales da Kaspersky Iberia, “queremos alinhar a conceptualização e o desenvolvimento dos nossos produtos e serviços de segurança empresarial com as necessidades específicas das empresas, em função da sua maturidade e recursos em segurança IT. Com isto, conseguimos garantir uma protecção eficiente e fiável contra ameaças críticas, bem como um elevado retorno de investimento”.